Notícias

home » notícias

6 de Fevereiro de 2018 às 08:42

Bancários MT fecham agências em ato nacional contra desrespeito do Itaú


Crédito: SEEB/MT

Cuiabá MT - Como reflexo da reforma trabalhista, bancário sentem as consequencias com perdas de conquistas com as decisões arbitrárias do Itaú. Por este motivo, o Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT) junto com os bancários realizaram atos de protesto com paralisações das atividades por uma hora e reunião com os funcionários na manhã desta quinta-feira (1º). A ação foi realizada nas agências Centro, Porto, Coxipó em Cuiabá, e nas agência de Várzea Grande, Cáceres e Sinop.

Entre as atitudes do Itaú que ferem os trabalhadores está o fim das homologações nos sindicatos, o que dificulta a conferência dos valores que o bancário tem o direito de receber ao sair do banco. Os banqueiros chegaram de tentar impor o parcelamento e definição de datas das férias. Tais iniciativas demonstram o desrespeito praticado pela instituição financeira que só visa os lucros e não valoriza as pessoas.

“Está muito claro para a categoria que os bancos querem sim tirar nossos direitos históricos e implantar as ações impositivas. Se nós não nos mobilizarmos e atuarmos em defesa dos nossos direitos, teremos nossas conquistas devoradas pela ganância dos bancos. O Itaú e o Santander já estão dando exemplo dessas ações devastadoras para nós”, afirma o presidente do SEEB-MT, Clodoaldo Barbosa.

Representaram o SEEB-MT na agência Centro, os diretores Italina Facchini, José Guerra, João Dourado Luiz Edwiges. Na agência Porto estiveram Luiz Carlos Rocha, Marcílio Lima, Leonice de Souza e Vânia Schembeck. Na agência do Coxipó, Celso Coan, Ana Lúcia Nobre, John Gordon e Alex Rodrigues. Já em Várzea Grande estiveram Clodoaldo Barbosa, Natercio Brito e Florisvaldo Pereira. A diretora Silvana Maldonato esteve em Cáceres e Marco Sautarelli, em Sinop. Estes atos de protesto foram realizados em todo país nas agências do Itaú.

 

Fonte: SEEB/Mato Grosso - Da redação


Notícias Relacionadas