Notícias

home » notícias

27 de Novembro de 2020 às 07:00

Para Sindicato, é insulto charge que satiriza empregados da Caixa em pagamento do auxílio emergencial


m charge publicada nesta quarta-feira (25) por um periódico da Bahia, são expostos de forma insultuosa, na categoria de troça, o preconceito e a completa falta de empatia em relação aos brasileiros vulneráveis atingidos em cheio pela pandemia, assim como o desprezo e desrespeito por aqueles que se dedicam à execução de políticas públicas e ao atendimento à população, no caso os empregados da Caixa, e a própria instituição.

Na charge, numa fila a perder de vista, os beneficiários do auxílio emergencial se submetem ao sacrifício na busca por socorro de suas necessidades prementes, com postura, olhares e gestos de famélicos. Na ponta, a Caixa distribui migalhas pelas mãos de um bicho-preguiça, numa referência aos trabalhadores da empresa.

Nenhuma imagem e sequer um traço em alusão aos negacionistas, que expõem a população ao risco de morte e à perda das condições de sobrevivência, como se não houvesse responsabilidade por parte dos que comandam a máquina pública. Sintomático.

A charge fala mais sobre quem a produziu e a publicou. Fala do silêncio dos autores em relação aos “poderosos” que controlam o orçamento público e negligenciam, criminosamente, a saúde e a própria vida das pessoas às quais deveriam assegurar pronto e eficaz atendimento.

Os bancários e bancárias da Caixa têm a consciência tranquila de quem dedica o melhor de si ao trabalho, atendendo da melhor forma possível, dentro das condições que lhes são dadas, aos milhões de brasileiros de todos os cantos do país. São profissionais que se orgulham do que fazem e não têm seu sono perturbado senão pelo cansaço, pela fadiga de uma jornada de trabalho extenuante, sem o devido reconhecimento e sob ataques sistemáticos dos que desprezam as empresas públicas e os serviços por elas prestados.

Além da dedicação ao desenvolvimento social e econômico do país, com expertise em políticas públicas, os trabalhadores e trabalhadoras da Caixa sustentam também a histórica luta em defesa da empresa 100% pública, a serviço do Brasil e da nossa gente.

Vê-los retratados com tamanha injustiça como na referida charge causa-nos grande indignação e nos impulsiona ao combate aos detratores com o vigor esperado por cada bancário e cada bancária – da Caixa e, certamente, de toda a categoria.

Sindicato dos Bancários de Brasília


Notícias Relacionadas