Notícias

home » notícias

15 de Janeiro de 2021 às 09:37

Mobilização Nacional: Funcionários do Banco do Brasil protestam nesta sexta-feira


Os funcionários do Banco do Brasil vão mostrar, nesta sexta-feira (15/01), a indignação contra o plano de reestruturação que prevê o fechamento de agências e outras unidades, um PDV (Plano de Demissões Voluntários), que tem por meta dispensar 5 mil trabalhadores, e outras medidas  prejudiciais aos trabalhadores do banco e à população.  

Em Cuiabá, O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb/MT) realiza grande ato na agência do BB, localizada na Avenida Getúlio Vargas com a Barão de Melgaço, a partir das 9h. 

A atividade faz parte das manifestações que estão sendo organizadas pela Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), federações e sindicatos. Estão programadas reuniões nas agências, quando os funcionários vão discutir os impactos negativos do plano de reestruturação. Também será feito um diálogo com os clientes que procuram o atendimento no banco, quando será distribuída uma carta aberta à população explicando os  prejuízos das medidas adotadas pelo banco, que na prática avança na meta do governo de desmonte do banco público.

E,  às 10h acontecerá também um tuitaço nas redes sociais contra o plano de reestruturação, com a divulgação da hashtag #MeuBBvalemais. 

“Esse é apenas o início de uma ampla campanha contra essa reestruturação.   Vamos criar um calendário de lutas para impedir essas medidas. “Convocamos os funcionários a reagirem a essa arbitrariedade da direção do banco e do Governo, precisamos combater esse ataque ao papel social do BB e a seus trabalhadores”, afirmou  Alex Rodrigues, funcionário do BB e secretário geral do Seeb/MT. 

Negociações

Sindicatos de todo o país enviaram, nesta quinta-feira (14/01), ofício à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), solicitando a abertura de negociações sobre a reestruturação pretendida pela direção do Banco do Brasil.   “É lembrado no documento que a postura do banco, de se negar a negociar as mudanças, descumpre a CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) e o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), firmado durante as negociações da Campanha Nacional 2020”, aponta secretário de Assuntos Jurídicos do Seeb/MT e Funcionário do BB, Marcílio Silva de Lima.  

Mobilização Nacional: Funcionários do Banco do Brasil protestam nesta sexta-feira contra as demissões e a privatização do banco

Quando – Amanhã, sexta (15/01) às 10h

Onde - Na agência do BB, localizada na Avenida Getúlio Vargas com a Barão de Melgaço, a partir das 9h.

Contatos - (65) 9243-0212 (Marcílio) ou (65) 9962-3616 (Alex).


Notícias Relacionadas