Notícias

home » notícias

19 de Janeiro de 2021 às 14:56

Bancários discutem reestruturação no Banco do Brasil com parlamentares nesta terça 19, às 16h

Live da Contraf-CUT e do Seeb Brasília será com as Frentes Parlamentares Mista em Defesa dos Bancos Públicos e Soberania


O Sindicato dos Bancários de Brasília e a Contraf-CUT convidam parlamentares e demais entidades representativas do funcionalismo do Banco do Brasil (ANABB, AAFBB, FAABB) para reunião com as Frentes Parlamentares Mistas em Defesa dos Bancos Públicos e da Soberania Nacional, com vistas a organizar encaminhamentos de luta contra o desmonte do BB e ataque aos funcionários dados com a reestruturação anunciada no último dia 11.

A reunião ocorre nesta terça-feira (19), às 16h, de forma remota, e será transmitida para que os bancários possam acompanhar ao vivo pelo facebook.com/bancariosdf ou youtube.com/bancariosbsb.

No encerrar de 2020, as entidades representativas dos bancários e demais trabalhadores em estatais realizaram reunião para organizar a luta em defesa das estatais, dos direitos e da soberania nacional. “Contudo, diante deste ataque anunciado pelo Banco do Brasil, decidimos antecipar os movimentos previstos apenas para quando do fim do recesso parlamentar, na primeira semana de fevereiro”, explica Kleytton Morais, presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília.

“Nossa intenção é organizar ações articuladas no parlamento (manifestações de bancadas, líderes partidários), e assim desencadear – a partir dos Sindicatos e demais entidades representativas dos funcionários do BB nos estados, mobilização dos funcionários, prestadores de serviço, clientes e usuários junto aos parlamentares, governadores, gestores municipais, associações de moradores, agricultores, comerciantes em defesa do BB”, explica Kleytton.

A reunião é parte de uma grande articulação encabeçada pelo Sindicato com diversos atores desde que o BB anunciou mais um processo de reestruturação, que desta vez prevê a demissão de 5 mil funcionários, fechamento de agências e extinção de funções, o que na prática representa o enxugamento e o esvaziamento do papel social da instituição, com vistas à privatização.

Entre as iniciativas nesse sentido, o Sindicato encaminhou uma série de ofícios a parlamentes e entidades representativas dos trabalhadores, pedindo seu apoio nessa mobilização em defesa de um patrimônio que é de todo o povo brasileiro.

Luta continua

João Fukunaga, coordenador da CEBB, ressaltou que cresce a mobilização entre os funcionários do banco contra a reestruturação tentada pela direção do BB. “Caminha a luta em defesa do Banco do Brasil, do seu caráter público, fundamental para o desenvolvimento do país e para o atendimento da população”, disse.

Presenças confirmadas de parlamentares na live:

  • Deputado Federal Zé Carlos (PT-MA), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos,
  • Deputada federal Erika Kokay (PT-DF)
  • Senador Jaques Wagner (PT – BA)
  • Deputado federal Pompeo de Mattos (PDT-RS)
  • Deputado federal João Daniel (PT-SE)

Entidades representativas dos funcionários da ativa e aposentados do Banco do Brasil:

  • Contraf/CUT – João Fukunaga (Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil),
  • Débora Fonseca – representante eleita dos funcionários para o Conselho de Administração do Banco do Brasil (Caref)
  • FAABB – Isa Musa de Noronha (presidenta)
  • ANABB – Reinaldo Fujimoto (presidente)
  • AAFBB – Loreni de Senger (presidenta do Conselho Administrativo)
  • Sindicato dos Bancários de Brasília – Kleytton Morais (presidente)

Fonte: Seeb Brasília


Notícias Relacionadas